THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Entre brincadeiras e histórias


Quando eu era pequena (um pouco mais do que agora) eu adorava brincar de montar casas, casinhas e casinhas ainda menores; gostava de cozinhar pedrinhas, gramas, e terras nas panelinhas para comer (de mentirinha é claro! rs); gostava de fingir ser uma grande cantora e montar meus shows e video-clipes em frente ao espelho; gostava de ir pra casa do meu primo mais velho e lá a gente lutava e atirava contra montros-zumbis-assassinos-e-radioativos que nos perseguiam até nosso esconderijo secreto feito de colchonetes e cobertas. Também adorava jogar vídeo-game, mas ficava frustrada, pois nunca ganhava o jogo naquele Super Nintendo 64... E adorava inventar histórias, mas os adultos falavam que eu gostava era de contar mentiras.
Hoje, eu ainda brinco... pois é... Jogo meu PS2, mas não perco mais (hehe), me divirto com crianças ou tapetes de dança, jogo futsal e quem diria... ainda faço show em frente ao espelho.. Outra coisa que ainda faço é inventar histórias. Mas dessa vez, prefiro escrever minhas verdades inventadas.

2 pessoa(s) já devaneou(aram) junto!:

Dézinho disse...

É um ótimo jeito de a gente botar pra fora coisas que pode ser que estejam nos incomodando, né? ^^ A gente sempre coloca um bocado da gente numa verdade inventada.
Beijão bem grandão!
=**********************

Luiza Callafange disse...

Olha a influência do seu curso, Universitária! Mas é isso mesmo, é a brincadeira como um de crianças e adolescentes... :D que dura pra sempre!