THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

domingo, 30 de março de 2008

Escrevendo


Ao ler o poema
Leitor entra em dilema
Não sabe se o que lê
É sonho ou pra valer

Pois eu lhe digo
Faço da caneta
E do papel, um amigo

A quem tudo conto,
Desejos e dramas - vontades,
E com quem nunca desaponto

3 pessoa(s) já devaneou(aram) junto!:

novo recomeço disse...

vjyxxbadorei seu poema vc é otima poetisa parabens adorei os outros textos também seu blog ta massa valeu pela passada no meu vc ja ta linkada...bjokas

Mony disse...

Quando escrevemos e lemos... simplesmente viajamos pelo um novo... de fantasia... e ai q estah a graça...

Fazendo uma vositinha...

Myla_angel disse...

Oi!
Visitinhaaaa!

A ums tempos atráz eu andei desapontando a caneta e o papel, por não procura-los mais, senti sua solidão, os chamei para uma conversa e eles sorriram entusiasmados.
Escrever é uma arte sempre presente em nós,as vezes se esconde, outras parece querer pular do peito...

Te convido pra dar uma passadi9nha lá no meu cantinho...

Muito lindinho seu blog..

Bjokas e sucesso
;*